top of page

Entre o fim dos anos 60 e início dos 70, os japoneses da Shin-Ei/UNIVOX criaram o Superfuzz, como uma espécie de resposta aos famosos fuzz ingleses e norte-americanos que eram sensação na época. O resultado foi um pedal de sonoridade única, que passou a ser venerado depois que Pete Townshend, do The Who, passou a usá-lo.

 

A importância desse circuito é tão grande que, em qualquer lista dos pedais de fuzz mais icônicos da história, o Superfuzz estará entre os principais. Foi essa sonoridade característica que nos inspirou a criar o Brandt, novo pedal de fuzz da Velouria.

 

A diferença é que com o Brandt, tornamos a sonoridade do pedal mais palatável a outros paladares, incluindo um controle de Gain e de Mids, aumentando consideravelmente a gama de timbres.

 

Além disso, o Brandt também possui um oitavador, acionado por uma chave. Aliás, quando o pedal está com a chave de oitavador desligada, o Brandt se comporta como um fuzz poderoso, mas cheio de dinâmica. Nesse cenário, dá para limpar bastante o som utilizando apenas o controle de volume da guitarra.

 

Agora, se você aciona o oitavador analógico do pedal, o Brandt vira uma máquina fuzzy, que vai da sonoridade Hendrix até a irresistível psicodelia experimental dos anos 1970.  

 

Com o Brandt, a Velouria está permitindo que você inclua no board um pedaço da história dos pedais de fuzz, pagando muito menos e abrindo um leque muito maior de possibilidades. Com relação ao nome, Brandt é uma homenagem ao personagem de mesmo nome do filme O Grande Lebowski, um dos nossos favoritos por aqui.

 

BRANDT

R$ 529,00Preço

Produtos relacionados